[resenha] MacGyver retorna com audiência recorde, mas pode não agradar a todos

Atenção: matéria com spoilers
E retorna uma serie icônica e que muitos aguardavam ansiosamente, MacGyver ou Profissão Perigo como era conhecida no Brasil. E parece que os americanos concordam, pois o episodio de retorno no ultimo dia 23/09 foi um fenômeno de audiência, chegando a 10.9 milhões de pessoas assistindo. Nada mal para uma serie da década de 80.

Porém este retorno pode não agradar a todos, especialmente aqueles que cultuavam a serie original e ao Angus MacGyver de Richard Dean Anderson.  O MacGyver que vemos agora, representado por Lucas Till (o Alex Summers de X-Men), não é nem de longe parecido com o original. A não ser claro pela utilização de objetos improváveis para conseguir cumprir suas missões.

A história começa bem no meio de uma missão de MacGyver que opera na ocasião como agente secreto. Como sempre MacGyver mostra suas habilidades de improvisação e consegue leva-la ao fim (pelo menos parte dela). Ai vemos a primeira alteração do personagem com relação ao original: na série original MacGyver raramente se saia bem em combates físicos, mas o MacGyver do século 21 é bem diferente e derruba vários capangas de “menor escalão”, mostrando incríveis habilidades físicas.

Após um inicio eletrizante e antes dos letreiros de abertura acontece a utilização de mais clichês dos filmes e séries do gênero. MacGyver é traído e leva um tiro à queima roupa, não antes de ver sua “namorada” Nicky ser baleada bem na sua frente.

A história então pula três meses e MacGyver é procurado por sua superior na organização, que deseja que ele volte a ativa. Uma das consequências da ação do inicio do filme é que um vírus poderosíssimo foi roubado e agora será vendido para terroristas que pretendem usa-lo em solo americano.

O resto do episódio mostra MacGyver usando toda sua engenhosidade e de novo mostrando suas novas habilidades físicas. Mas antes a equipe precisa ser remontada, e acabamos inundados com mais clichês. A equipe já conta com o próprio MacGyver, com Jack Dalton ex-CIA é claro (George Eads, de CSI Vegas), e só falta uma.....hacker (que série atual não tem uma?) e a escolhida é Riley (a atriz Tristin Mays) que óbvio: estava presa....

Completam o elenco: o ator Justin Hires como Wilt Bozer (elemento cômico) e a atriz Sandrine Holt como a Diretora Patricia Thorton.  

As novas aventuras de MacGyver se passam antes daquelas que vimos anteriormente. Assim a ideia é acompanhar a evolução do personagem até chegar aquele agente que conhecemos. Mas claro, para atingir os jovens do nosso século, MacGyver não pode se mostrar “datado” por isto as mudanças no personagem que já falamos foram feitas. A pergunta agora é: será que os fãs mais antigos e fiéis aceitarão bem tais mudanças?

Ah sim, o episódio de estréia teve 10.9 milhões de espectadores, maior audiência de uma estréia da CBS desde 2005.

Riley, Jack Dalton e MacGyver

Dir. Patricia Thorton, Jack e MacGyver